quarta-feira, 13 de junho de 2018

OITO MULHERES E UM SEGREDO

Oito Mulheres e um Segredo : Poster

Parece que foi ontem, mas há cerca de 11 anos estava indo conferir a estreia de "Treze Homens e um Novo Segredo", em um cinema que acabava de inaugurar em minha cidade (pros curiosos: Cine Roxy Brisamar (na época de ouro, em que longas legendados faziam parte da grade)). O mesmo foi excelente ao meu ver, e conseguiu fechar aquela trilogia que teve um mediano segundo longa. Hoje em meio a várias crises pós modernas e criativas passando pelo cinema, o quarto longa dessa cinessérie explora os mesmos caminhos do primeiro, porém o protagonismo decai em cima da irmã de Danny Ocean (George Clooney), Debbie (Sandra Bullock).

Sem a presença daquele, a trama mostra Debbie recém saída da prisão e com a mesma personalidade para roubos que o irmão. Ao entrar em contato com a velha amiga Lou (Cate Blanchett), ela compartilha que durante seus cinco anos atrás das grades, bolou um plano mirabolante para roubar um caríssimo colar em um evento de gala. Para isso ambas terão de encontrar outras sete pessoas dispostas a terem as características para o roubo ser sucessivo.

Imagem relacionada

A direção de Gary Ross ("Jogos Vorazes"), é bastante semelhante com o trabalho de Steven Soderberg no primeiro filme. Temos uma sequencia onde serve como apresentação para cada uma das protagonistas, em que exploram suas habilidades e nos da motivos para adentrarmos na personalidade delas, as quais cada uma remete um pouco a dos caracteres da versão pioneira (sendo a mais óbvia a de Blanchett com Brad Pitt). Francamente somente este fator, além de algumas sequencias serem exatamente IGUAIS ao original, já seriam motivos decepcionantes para o resultado final do longa. Por sorte vemos que Ross entendeu que isso iria ser um ponto que deveria ser melhor desenvolvido (para não deixar um desgosto logo no inicio), e eis que ele consegue em cada arco nos fazer imergir dentro da trama (cujo roteiro o próprio desenvolveu junto a Olivia Milch), e de fato a atenção é segurada com sucesso durante toda projeção, mas sempre deixando claro que por mais que tenhamos vários nomes de peso, o show é liderado por Bullock, Blanchett e Helena Bohan Carter (onde eu constantemente só via um Johnny Depp de saias). Quanto aos outros nome do elenco, digamos que nenhuma das outras tem um peso dentro da narrativa a não ser "estavam fazendo suas funções", apesar de conter algumas participações especiais de personagens dos primeiros filmes e outros atores e personalidades famosas. 

Mas quando chega nos últimos arcos, eles acabam sendo roubados pela própria personagem da Anne Hathaway (que por desvaneio da equipe de marketing, acabaram estragando um possível ploat-twist que seria ótimo, datado o clima que a narrativa estava levando). Em prol, eles ainda tentaram esticar mais uns 10 minutos do que seria o desfecho do longa, mas que francamente se durasse um pouco mais iria só prejudicar tudo que Ross já havia desenvolvido com sucesso até então.

Resultado de imagem para ocean's 8 photos

"Oito Mulheres e um Segredo" não chega a ser melhor que seus antecessores, muito menos um longa ao qual serve para endeusar o "Girl Power", mas sim um divertido filme de roubo que ninguém cansa de ver sempre que surge um novo (com o diferencial que provavelmente poderá ir parar no Oscar de Melhor Figurino de 2018). Então só digo que venham "Nove Mulheres e um Novo Segredo"!

Nota: 7,5/10,0
Imagens: Reprodução da Internet

Um comentário:

Luciana Sousa disse...

A historia está bem estruturada, o final é o melhor. Eu gostei de todo o elenco, todos eles são ótimos! É um filme realmente divertido e engenhoso. Uma historia cheia de cenas que me encheram de gargalhadas e que me divertiram de tarde. Adorei a participação de Olivia Munn, foi breve mas legal. Ela é uma grande atriz, seu trabalho de dublagem é excelente. Em Lego Ninjago é sensacional, é um dos mais divertidos que já vi, é um dos melhores filmes do cinema infantil , gostei muito como se desenvolve a história, o roteiro é muito divertido para pequenos e grandes, em todo momento nos fazem rir. É um filme que sem importar o estado de animo em que você se encontre, irá lhe ajudar a relaxar um pouco.

Postar um comentário