segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

SULLY - O HERÓI DO RIO HUDSON

Resultado de imagem para sully o herói do rio hudson

Em 15 de Janeiro de 2009, o piloto Chesley Sullenberger evitou o que seria um enorme acidente aéreo, pois pousou seu avião sem as duas turbinas (que se explodiram ao serem atingidas por pássaros), em pleno rio Hudson, nos Eua. O feito não só saltou sua vida, como também das outras 155 pessoas abordo. Mas como em todo acidente, ele posteriormente teve de arcar com as consequências da companhia área, para ver se de fato ele cometeu alguma atrocidade ou se foi de fato um herói (como grande maioria do mundo o vê até hoje). 

Resultado de imagem para sully o herói do rio hudson

Não poderiam ter escolhido um diretor melhor que Clint Eastwood pra comandar essa história, pois ele já provou em diversos filmes (principalmente no recente "Sniper Americano", em que inclusive ele manteve um pouco da essência aqui) saber contar a vida de ícones importantes para o mundo. Em sua primeira parceira com o ótimo Tom Hanks ("Inferno"), ele prova que mesmo sendo sobre uma história um tanto que recente, ele pode muito bem captar outros lados pra só não ficar na mesmice em torno do acidente. O acidente em si só é mostrado detalhadamente em segundo plano, pois o principal foco é a mentalidade de Sully e seu julgamento com seu co-piloto Jeff Skiles (Aaron Eckhart, de "Invasão a Londres"). Trabalho que Hanks e Eckhart exercem muito bem, e com o auxilio da direção de Eastwood nos prendem quase o tempo todo durante a narrativa.

Resultado de imagem para sully o herói do rio hudson

Os efeitos visuais estão realmente bons e convincentes, e os momentos pelos quais ele retrata o acidente visto de dentro do avião impressionam e vemos o quanto ele é competente para longas assim. Outro fator positivo, é que ele não deixa a trama cansativa, pois quando fica "muito falatório" ele já corta pra alguma cena que mostra os sonhos e pensamentos de Sully, que são sobre se o avião realmente explodisse ou flashbacks do acidente (onde ele narra tanto as versões dos tripulantes quanto a dos próprios pilotos).

"Sully - O Herói do Rio Hudson" é um dos raros longas que vemos em 2016, pois é breve, claro, divertido, interessante e conta com uma ótima primeira parceria entre Tom Hanks e Clint Eastwood. Se o primeiro será indicado ao Oscar por esta performance? Ele merecia, porém talvez entre. Mas o ano de 2017 é de Casey Affleck (irmão do Ben Affleck). RECOMENDO

Sobre a parte técnica retratada no longa, por Nicolas Jesus Ramos, estudante de Aeronáutica:

Para começar o enredo conta a história exatamente como foi, desde a preparação até o choque com os pássaros, alguns erros escaparam na hora de montar o filme, por exemplo na decolagem e durante a subida o co-piloto (piloto do assento direito, com mesma instrução técnica que o comandante mas com menos horas de voo) assume o controle das manetes de potência, na prática isso não acontece, por mais que a decolagem esteja sendo feita pelo co-piloto ou não, as manetes ficam com o comandante nesse tipo de aeronave, deixando com ele a decisão de abortar a decolagem caso necessário, como mostra a imagem:


O filme mostra muito bem como uma emergência é gerenciada na cabine, mostra que o treinamento exaustivo e repetido semestralmente tem um propósito a segurança de voo em seus mais altos níveis, o enredo mostra o que os pilotos tentam mostrar há anos, que o fator humano ajudou nesse acidente, assim como ajudou em outros, enquanto em alguns acidentes colocar a culpa em quem morreu torna a investigação mais fácil. 


Agradecimentos: Nicolas de Jesus Ramos

Nota: 10,0/10,0
Imagens: Reprodução da Internet

Um comentário:

Julieta Souza disse...

Pessoalmente au adorei o filme. O filme Sully, O Herói do Rio Hudson me manteve tensa todo o momento. No elenco do Sully filme vemos Aaron Eckhart e Tom Hanks, dois dos atores mais reconhecidos de Hollywood que fazem uma grande atuação neste filme. Vale muito à pena, é um dos melhores do seu gênero. Realmente o recomendo.

Postar um comentário